© 2016 by BebéArteCompasso. Criado por Simão Tavares

As crianças adoram-nos!

  • Facebook Clean
visite-nos no Facebook

Quem Somos

   As atividades BebéArte e ComPasso consistem num conjunto de aulas de música e dança, para crianças.
   A BebéArte,  vai dos 4 meses aos 2 anos de idade e a ComPasso dos 3 aos 5 anos de idade.
  As Aulas são lecionadas por equipas de duas professoras (música e dança) que se alternam entre si quinzenalmente.
A Coordenação da atividade é realizada pela professora de música Lídia Cardador e pela professora de dança Susana Silva.

Metodologias

 

  Adotamos os princípios metodológicos musicais de Edwin Gordon descritos no seu livro “Teoria de Aprendizagem Musical para recém-nascidos e crianças em idade pré-escolar”, e os princípios do movimento de Rudolf Laban apresentados no seu livro - “ Domínio do Movimento”.  

  Utilizamos ainda todas as experiências profissionais e artísticas vivenciadas pelas professoras Lídia Cardador (Conservatório Nacional de Música de Lisboa – Música) e Susana Silva (Faculdade de Motricidade Humana, em Lisboa - Dança).

4 meses a 2 anos

 

3 aos 5 anos

 

    A originalidade na perspetiva de Edwin Gordon passa por questionar-se não sobre como se deve ensinar música, mas antes como esta é aprendida. Em que momento a criança está preparada para aprender determinada competência e qual a sequência adequada para uma aquisição bem sucedida.
   A aprendizagem da língua materna procede-se da mesma forma que a aprendizagem musical.

  Laban enfatiza a importância da linguagem corporal na educação. Sendo esta a parte metodológica que mais nos interessa, compreendemos que a dança educativa permite à criança um desenvolvimento geral mais completo, quando aprende noções de espaço, seqüências de movimento, padronização e conscientização do próprio corpo. Com a dança a criança explora os seus sentimentos, adquire maior autoconfiança e promove a tolerância e apreço pelos outros. E por fim, a dança também fomenta o interesse por outras culturas, ao estudar formas de dança que se originam em outros países, também se adquire compreensão histórica de outros povos.